sábado, 8 de abril de 2017

[Anime] Owari no Seraph

Hey~
Então, eu queria pedir perdão logo pela resenha que não irei comentar do mangá ainda [EU QUERIA MUITO, MAS EU TO ADIANDO MUITO O TÉRMINO DA LEITURA DO MANGÁ DE OWARI, E NÃO DÁ PARA FICAR TANTO TEMPO SEM POSTAR NADA AQUI, NÃO É MESMO?]. Sim, eu queria fazer a resenha o mais completo possível, mas acontece que eu parei no Capítulo 12 -por acaso equivale aos acontecimentos dos 11 episódios da primeira temporada, então irei comentar com base nisso.

Sinopse: Um misterioso vírus aparece na Terra e mata todos os humanos infectados acima de 13 anos. Na mesma época, vampiros que apareceram das trevas do mundo dominam e escravizam a humanidade. Hyakuya Yuichirou é um garoto, que junto do resto das crianças de seu orfanato, é tratado como gado pelos vampiros. Mesmo preso, Yuichirou tem um grande sonho: matar todos os vampiros.
Ano de lançamento: 2015
Episódios: 12
Gênero: Ação, Drama, Shounen, Sobrenatural, Vampiros
[Vale ressaltar que tem 1 episódio de Recap entre a primeira e a segunda temporada, uma OVA antes da 2ª temporada, e uma segunda temporada de 12 episódios também~] 

            Vamos começar do começo, Owari no Seraph era um dos animes que estava na minha lista para assistir por conta de um shipp ~sério galera~. E acontece que eu já tinha começado a assisti-lo ano passado, só que eu acabei dando uma pausa para voltar depois, e eu simplesmente não consegui terminar por conta de diversas coisas que aconteceram na minha vida pessoal. Por isso, a um mês atrás eu comecei a fazer sorteios de números que correspondem a animes da minha lista, e acabou caindo Owari, então decidi dar mais uma chance para assisti-lo [Ele também entrou em uma categoria do bingo, então tá tudo certo~]. E por fim, estou decidindo comentar porque de todos os animes que assisti no último mês, nenhum eu consegui pensar em algo que conseguiria comentar em um post. Além disso, por favor, lembre-se que esta resenha infelizmente terá como base apenas no anime, e nos 12 primeiros capítulos do mangá~.
            Acontece que eu acabei enrolando tanto para fazer a resenha desse anime/mangá que esses dias até a Panini anunciou ele como novo título no Brasil - clique aqui para ler sobre isso. Mas eu comecei a escrever a resenha um dia antes de anunciarem, acho que a minhas teorias estão bem afiadas.

(Bom, como eu disse em outros posts comentados, a escolha de continuar a ler é totalmente sua. E sim, vai ter MUITO spoiler a baixo.)


            Sendo assim, quando assisti pela primeira vez (ano passado) eu acabei não lendo a sinopse, e por isso eu fiquei bastante chocada com os acontecimentos do primeiro episódio. A questão do contexto é algo meio clichê que eu acabei vendo em algumas obras com a temática humanos e vampiros (cof cof Blood Bank cof cof) e a história é algo bem clichê também, os pensamentos do personagem principal, Hyakuya Yuichirou, e o sonho de ser o fodão que vai matar todos os vampiros por vingança. No entanto o anime peca um pouco em não explorar um pouco da relação humanos x vampiros antes da catástrofe que ocasionou na morte de mais da metade da população humana e a ascensão dos vampiros. Mudando um pouco de assunto, como sempre o mangá contém mais coisas que o anime, então no primeiro capítulo, durante a apresentação do Yuichirou no orfanato, é possível descobrir um pouco mais sobre as outras crianças e por qual motivo elas estão lá, essa informação não se tem no anime, então eu recomendo a leitura do mangá -você escolhe se quer ler antes ou depois. A escolha é totalmente sua~.
             Continuando a falar sobre o contexto, neste anime, os humanos são subjugados pelos vampiros e são tratados como gado, ele é interessante porque de certa forma aborda uma questão social humana, logo após eles terem salvo os humanos dos vampiros em Omotesando, antes dos acontecimentos em Shinjuku, há um desfecho um pouco diferente no anime para o mangá. No mangá, há um homem conformado com a situação humana, e que preferia continuar na colônia com os vampiros, por eles "protegerem" os humanos, em troca do sangue apenas, isso pode gerar uma questão de reflexão sobre o conformismo humano que pode ser visto atualmente, ou em outros casos na própria história humana. Além disso, há também algumas coisas bem sutis que envolvem bastante a questão da própria natureza humana, ou seja, o simples fato de ser capaz de mentir ou fazer qualquer outra coisa possível para salvar sua família.


             Além disso, os personagens secundários são bem desenvolvidos, ou seja, todos eles têm uma história, e há um desenvolvimento disso, não só focando no personagem principal, mas há uma preocupação com a progressão do relacionamento deles, em um maior foco de "família". Isso é algo possível de notar principalmente na primeira temporada, em alguns momentos da segunda, por ela ter se passado com tanto acontecimentos tem alguns furos nas explicações, mas que mesmo assim ainda é possível entender [para isso é preciso ler o mangá, o que eu ainda não terminei, perdão]. Aproveitando que estou falando sobre as relações dos personagens, direi logo sobre Hyakuya Yuuichirou, o protagonista do anime, ele é aquele típico personagem que perdeu a família [aka, me senti em SnK] e não consegue se relacionar com as pessoas/não sente vontade de ter amizades, mas que por questões do exército, faz com que ele seja obrigado a socializar, e assim o motivo por trás de querer matar os vampiros muda de rancor e vingança da antiga família morta, para uma questão mais profunda que envolve principalmente a proteção de seus companheiros, que são sua nova família.
           Quanto à trilha sonora, e digo sobre abertura e encerramento, porque em 90% dos animes eu não tenho reclamações sobre as OSTs, pois na maioria das vezes são boas e conseguem passar o clima do momento. Sendo assim, as aberturas das duas temporadas são boas, a da primeira é progressiva, do jeito que começa bem calma com alguns closes em personagens que terão importância na trama, além disso, combina muito bem com as imagens. Sobre a segunda, ela é construída na mesma progressão da primeira, com closes nos dois lados (vampiros e humanos), e no final fica bem mais agitada justamente para casar com as cenas de ação [que não vão acontecer como aparece na real cof cof]. Eu gosto bastante da abertura por tudo pelo que já escrevi acima, mas também pelas cenas Mika x Yuu <3 [eu disse que assisti o anime por um shipp, agora já disse qual shipp né]. Por fim, sobre as cenas de ação são muito boas, e o designe gráfico é muito bom também


           Por fim, sobre a segunda temporada, ela tem vários acontecimentos corridos, e algumas cenas bem complicadas e sem explicação que fazem uma confusão por conta de não saber quem está tramando contra quem, e apenas só no final é possível conseguir entender mais ou menos. Digo isso, porque muita coisa não é explicada, principalmente no quesito de explicação do por que a história andou para aquele lado [por essa questão eu estava lendo o mangá], ou o que é que o Hyakuya Yuuichirou é, coisa mais ou menos assim [Sério, se ele tiver explicado no anime, eu não lembro, tem quase 2 meses que eu terminei o anime, e desde então eu só enrolei na hora de escrever essa resenha. Perdão~].
          A partir daqui é algo mais subjetivo do modo que falarei de algumas considerações minhas, e das coisas que gostei. Primeiro, falarei sobre meu personagem favorito, Hiiragi Shinya [meu môzão que ta como wallpaper do meu celular a 2 meses - essa imagem], ele acabou virando meu favorito por conta da arma dele, que por acaso se chama Byakkomaru e tem tigres brancos, e eu gosto muito de tigres desde que li os livros da Maldição do Tigre <3. E para terminar mesmo esse anime é um bom anime, eu gosto dele por conta dos gráficos e roupas dos personagens, e por causa do contexto, ele é bem reflexivo. Caso lhe interesse, eu recomendo que assista, e caso já tenha assisto, comente aqui em baixo sobre a sua opinião, e poderemos conversar~.

Até mais~
Beijos~
Créditos:

Original IMG 1- www
[Eu sei que a imagem é original do mangá, mas eu vi nesse site, então né~]
GIF 1- www
GIF 2- www
GIF 3-www

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer deixar alguma sugestão de melhoras, ou comentar sobre algo abordado no post? Sinta-se livre, abaixo segue algumas regras de boa convivência nos comentários~

1 - Não xingar o autor e as de mais pessoas, usando palavras ofensivas.

2 - Sempre irei responder, e tentarei o mais rápido possível.

3 - Por ora, os comentários não tem moderação,mas caso venha a calhar alguma mudança esta regra irá mudar para uma pequena recomendação de espera~.


✓ ✖ εїз ♥ ❤ ❥ ♡ ♥ ღ ɞ ♛ ♚ ♝ ♞ ♜ ♟ ♔ ♕ ♖ ♗ ♘ ♙ ☼ ☀ ☁ ☂ ☃ ☄ ☮ ♂ ♀ ☠ ♪ ♫ ♩ ♬ ☺ ✿ ⓡ ⓒ ♨(o・з・o) OωO (≧∩≦) (っ・ω・)っ (●´ω`●) (o・ε・o) (・ε・`。) (⊃ω⊂) (≧∪≦) (。・ω・。) (。TωT)/ (。・_・。) ಥ_ಥ
ಠ_ಠ ●ω● ●﹏● ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙﹏⊙